Entendendo o básico do Six Sigma

Postado dia 21/12/2015
Artigos

Entendendo o básico do Six Sigma: o que é, histórico, benefícios, profissionais, estatísticas, o Six Sigma na GE e dicas para o aprofundamento no assunto

No The Economist online da semana passada (06/Nov) foi publicado um artigo sobre o Six Sigma: “A popular way for managers to put quality management into effect”.

O artigo é bem simples e dá uma visão geral e introdutória ao tema. Portanto, seria indicado para quem quer ser “iniciado” no Six Sigma.
Baseado nesse artigo, aqui no blog farei um resumo do referido artigo, relatando: o que é Six Sigma; antecedentes históricos; benefícios da adoção; profissionais do Six Sigma; estatísticas atuais; o Six Sigma na GE; e, além disso, darei outras dicas para o aprofundamento no assunto.
 
 

O que é Six Sigma

• Six Sigma é uma abordagem para a melhoria da qualidade baseado no trabalho do Joseph Juran, um dos 2 pioneiros americanos de gestão da qualidade no Japão.
• Sigma é uma letra grega usada pela matemática para representar os desvios de padrão.
• A Estatística usa o conceito de desvio-padrão para medir a dispersão de um conjunto de dados em torno da média aritmética.
• Quanto maior o número de sigmas mais perto da perfeição está o processo, pois 6 sigmas significa somente 3.4 defeitos por milhão. Veja figura abaixo para entender melhor.
• Quem achou o gráfico complicado de entender não se desespere. De maneira simples e prática o gráfico quer dizer que, por exemplo, se você estabeleceu que irá realizar as entregas dos seus projetos a cada 2 meses e você só consegue cumprir este prazo em 68% das vezes, então você está no nível de 1 sigma, ou um 1 desvio-padrão. Se você consegue cumprir o prazo estabelecido de 2 meses em 99,9997% das vezes, então você alcançou o 6 sigma, ou 6 desvios-padrão, ou, em outras palavras, você se atrasou em média somente 3,4 vezes a cada 1 milhão de entregas prometidas realizadas.
 

Antecedentes históricos

 

• Desenvolvido nos Estados Unidos pela Motorola nos anos 80, o Six Sigma se tornou popular nos anos 90 depois que Jack Welch o adotou na GE.

• Foram Mikel Harry e Richard Schroeder quem introduziram o Six Sigma na Motorola.
• Mais tarde Harry e Schroeder fundaram a Six Sigma Academy.
 

Benefícios da adoção do Six Sigma

 

• Na prática, o Six Sigma já provou ser uma forma popular entre os gestores para colocar a gestão da qualidade em prática.

• Cria/internaliza nas organizações o lema do “defeito zero” ou da perfeição total.
• É um sistema de melhoria gradual da qualidade que, passo-a-passo, visa alcançar o estado de 6 sigmas.
 

Profissionais do Six Sigma

• Quem faz um treinamento básico é chamado de Green Belt (faixa verde).
• Quem desempenha em tempo integral a função de líder de uma equipe que está praticando o Six Sigma recebe treinamento contínuo e é chamado de Black Belt (faixa preta).
• Há também uma minoria que passa por um treinamento ainda mais pesado e tem o papel de garantir a prática do Six Sigma em toda a organização e de supervisionar os Black Belts na consecução dos seus objetivos junto à sua respectiva equipe.
• A realização de treinamento é essencial para o entendimento do Six Sigma e vir a se tornar um profissional.
 

Estatísticas atuais

• Até o final do ano existirá aproximadamente 1.100 Black Belts.
• Existem mais de 3.400 projetos ativos de Six Sigma nos EUA.
• O benefício fiscal projetado com os projetos de Six Sigma ativos nos EUA é de US$ 700 milhões.
 

O Six Sigma na GE

• Na GE alcançar o nível de qualidade Six Sigma significa que o processo pode produzir no máximo 3,4 defeitos por milhão de “oportunidades”.
• “Oportunidade” é definida como uma chance de não conformidade, ou não atendimento, às especificações requisitadas.
• Nas próprias palavras da GE: “Six Sigma has changed the DNA of GE. It is now the way we work—in everything we do and in every product we design”.
 

Dicas para o aprofundamento no assunto

• Leia o artigo da The Economist online no endereço: http://www.economist.com/daily/news/displaystory.cfm?story_id=14301440&fsrc=nwl
• Existe um e-grupo no yahoogroups.com chamado sixsigmabrasil cuja missão é “Ser a maior comunidade brasileira de gestão de projetos de qualidade com foco em seis sigma, lean seis sigma e pmbok através da discussão e busca de conhecimento múto. Levando a comunidade ofertas de trabalho, treinamentos em parceira para beneficiar a comunidade”. Normalmente, as discussões lá são bastante interessantes.
• Nelson Rosamilha é PMP, Black Belt e é o Diretor Presidente Seis Sigma Brasil. http://www.linkedin.com/in/rosamilha
• PANDE, P.S. NEUMAN, R.P. CAVANAGH, R.R., “The Six Sigma Way”. McGraw-Hill, 2000.
• PYZDEK, T. “The Six Sigma Handbook: a complete guide for greenbelts, blackbelts, and managers at all levels”. McGraw-Hill, 2a ed., 2003.
 

  Boa melhoria continua.

  Referência: RIBEIRO, Wankes L. Entendendo o básico do Six Sigma. Disponível em:http://www.wankesleandro.com/

Comentarios